quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

Elsa Raposo (que nem Pamela Anderson)

Video 'porno'
Elsa gosta de filmar enquanto faz sexo


Um filme caseiro mostra cenas tórridas com Mário Esteves. O vídeo, a que o Correio Vidas teve acesso, está à venda por cerca de 250 mil euros.





O ano de 2006 termina com mais um escândalo de Elsa Raposo. Um vídeo caseiro, que mostra a ex-apresentadora de televisão em cenas escaldantes de sexo explícito com Mário Esteves, seu antigo namorado, está à venda por cerca de 250 mil euros. O Correio Vidas visionou na íntegra o vídeo, com perto de uma hora de duração, que se encontra na posse de desconhecidos que tentam agora tirar proveito financeiro de tais imagens.

A gravação de boa qualidade, sem quaisquer cortes ou montagens, foi feita por Elsa Raposo e Mário Esteves durante um acto sexual, demonstrando que o casal, que partilhou a mesma casa entre Junho e Setembro passado, gostava de jogos eróticos como forma de apimentar a actividade sexual.

O cenário eleito pelos dois foi o quarto e o filme começa com Mário Esteves, de câmara na mão, a gravar o corpo nu de Elsa Raposo deitado na cama. Sem demoras, a antiga apresentadora do programa ‘Sex Appeal’ provoca o seu companheiro e ‘realizador’ improvisado, tocando-se em diversas partes do corpo, ao mesmo tempo que lhe pedia para fazer sexo e dar-lhe prazer. “Consome-me”, sussurrava.

Rendido às constantes provocações e ao corpo curvilíneo da parceira, Mário Esteves resolve então também ele entrar em acção. Mesmo, quando enlouquecia com sexo oral, o professor de surf nunca largou a câmara. Mário captou cada pormenor do corpo da companheira e observava atentamente os seus movimentos eróticos e o seu nome escrito na omoplata direita de Elsa. Até que ela lhe pediu para ser “possuída”... Mário fez-lhe a vontade e os dois deixaram-se levar pela excitação.

No auge do prazer, o casal foi interrompido... Era a empregada da lavandaria que batia à porta. “Espera por mim”, disse languidamente Elsa Raposo, enquanto cobria o corpo despido com um robe. Não demorou mais do que um minuto para que a ex-apresentadora voltasse para o corpo do professor de surf, que a aguardava impacientemente. Elsa voltou para dar prazer ao então namorado, satisfazendo-o com sexo oral, ao mesmo tempo que gemia, aumentando a excitação.

Mário Esteves mantinha-se muito calado, sem grande movimentos e completamente concentrado, não só na sua ‘performance’ sexual, como na filmagem. Pouco se manifestava. Apenas se mostrou mais activo quando chegou a vez de ser ele a satisfazer a companheira com uma longa e erótica sessão de sexo oral, que levou Elsa ao delírio. Nesse momento, passou a ex-apresentadora a filmar o acto sexual.

Enlouquecidos de prazer, Elsa e Mário tinham-se esquecido de que não estavam sozinhos em casa, até ao momento em que os filhos da ex-apresentadora bateram à porta do quarto. Novamente, o prazer tinha sido interrompido, mas Elsa não conseguia pensar em mais nada, ao ponto de dizer às três crianças: “Esperem um bocadinho. A mãe está a fazer amor com o Mário”. E continuou envolvida nos lençóis, sem sequer ouvir o que os filhos lhe quereriam dizer.

Uma hora depois de tudo ter começado, o casal atinge o clímax. Elsa Raposo, em tom libidinoso, sussurra-lhe ao ouvido: “Adoro o cheiro do teu corpo, sobretudo quando estamos três dias sem tomar banho...”

O filme caseiro só termina porque a cassete de vídeo chega ao fim. Mas deu para perceber, nas últimas cenas, que a acção se iria prolongar, agora já sem a excitação de ter uma objectiva a captar os dois corpos.

Desconhece-se como o vídeo chegou à mão de terceiros que agora tentam vendê-lo por cerca de 250 mil euros. O Correio Vidas tentou perceber isso mesmo junto de Elsa Raposo e Mário Esteves, mas, até ao fecho desta edição, nenhum dos dois esteve contactável.

Sem comentários: